NOTÍCIAS

STF APROVA COBRANÇA DE LATO SENSU NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS

 

#TemLatoSensu

#PorqueMBAnaoeGratuito

#SemLatoSemSensu

 

O Supremo Tribunal Federal confirmou ontem, 26/04, que universidades públicas podem cobrar cursos latu sensu, tipo MBA’s.

 

A discussão chegou ao STF depois que um aluno, que pagou pelo curso, entendeu que por ter sido feito numa universidade pública, o governo deveria ressarci-lo do valor.

 

Veja a notícia.

 

 

 

NCE AGUARDA JULGAMENTO DO STF SOBRE COBRANÇA DE CURSOS LATO SENSU

 

Rio de Janeiro, 07 de abril de 2017.

 

O Instituto Tércio Pacitti há muito vem contribuindo para o desenvolvimento tecnológico e a geração e difusão de conhecimentos em computação. Integram essas atividades a capacitação e a formação profissional por meio de cursos de extensão e de pós-graduação lato sensu, ainda que estes não sejam de oferta obrigatória pelas instituições públicas de ensino.

 

Os cursos de pós-graduação lato sensu são dinâmicos, de curta duração e oferecidos a profissionais já graduados que necessitam de formação complementar especializada com a finalidade de readequação ao mercado de trabalho ou para atualização profissional. Viabilizam-se, academicamente, pelas competências do corpo técnico e do corpo docente da instituição e, financeiramente, por recursos extraorçamentários oriundos destes cursos. Recursos estes que os autofinanciam integralmente.

 

O Instituto Tércio Pacitti entende que os cursos lato sensu cumprem dois papeis igualmente meritórios à sociedade. Tanto ampliam as modalidades de ensino oferecidas, potencializando a difusão de conhecimentos primordiais ao desenvolvimento socioeconômico do país, quanto investem, subsidiariamente, na conservação e no aprimoramento dos espaços institucionais que são comuns aos cursos stricto sensu: graduação, mestrado e doutorado. Cabe destacar que os cursos stricto sensu são mantidos exclusivamente com verbas governamentais, e que são e sempre deverão ser públicos e gratuitos.

 

Privar as universidades públicas dos recursos extraorçamentários dos cursos de pós-graduação lato sensu exigiria uma redistribuição dos já parcos repasses governamentais, com potenciais prejuízos à estrutura física e à qualidade das atividades de ensino e pesquisa em geral. Adicionalmente, restringiria uma importante oferta de formação profissional da universidade, já que sem eles os cursos desta natureza ficariam inteiramente inviabilizados.

 

Sendo assim, no julgamento pelo Supremo Tribunal Federal, STF, sobre a cobrança de cursos de pós-graduação lato sensu, previsto para o próximo dia 20 de abril de 2017, aguardamos um desfecho favorável para a manutenção da oferta destes cursos a fim de que as Universidades Públicas continuem a exercer sua missão para com a sociedade brasileira.

 

Aos que compartilham desses pensamentos, pedimos que divulguem entre seus contatos.

 

Henrique Serdeira

Diretor do Instituto Tércio Pacitti

Universidade Federal do Rio de Janeiro

 

#SemLatoSemSensu

#PorqueMBAnãoéGratuito

 

 


 
PROJETO EM DESTAQUE

TECNOASSIST EDIÇÃO 2014


O Instituto Tércio Pacitti em parceria com o Ministério da Educação (MEC) oferecerá o mais uma vez o curso de aperfeiçoamento “Uso pedagógico dos Recursos de Tecnologia Assistiva”. Com início previsto para setembro, carga horária de 240 horas, na modalidade a distância, o curso é destinado a profissionais da área de educação, em particular professores, gestores de tecnologia educacional e pessoal de apoio pedagógico e técnico.


O curso apresenta os principais softwares de uso pedagógico de Tecnologia Assistiva em uso no Brasil com o objetivo de formar professores para a utilização pedagógica desses softwares e propor estratégias para aplicação de tecnologia assistiva nas escolas.


A equipe do NCE responsável pelo curso é formada pelos pesquisadores José Antônio dos Santos Borges (Coordenador dos Projetos de Acessibilidade do NCE/UFRJ), Angélica Fonseca da Silva Dias (Coordenadora Acadêmica do Projeto TecnoAssist), Maria Tereza Gouvea (Coordenadora de EAD), Tiago Borges (Suporte Técnico e Produção de Audiovisual), além da equipe técnica: Márcia Soeiro, Teresinha Alves Rodrigues, Ricardo Caiado, Alexandre Bento, Ida Beatriz Mazzillo, Daniele Tavares, Juarez Castro e Ana Lucia Rodrigues.


O curso utiliza o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Moodle, com atividades de leitura de texto, videoaulas, discussão em fóruns, realização de exercícios de autoavaliação e tarefas práticas que envolvem a instalação, operação e utilização de programas e artefatos de Tecnologia Assistiva. Além disso, um Professor-Tutor auxilia o participante durante todo o curso.


A edição 2013 do curso TecnoAssist  teve 140 inscritos, incluindo pessoas com deficiência visual, apresentando um índice de aprovação 84%, considerado pelo MEC, um sucesso.


Mais informações aqui.

 

 

VIDEO NCE

 

Outros vídeos

Fique por dentro
PARCERIA NCE - RIOSOLIDÁRIO

Em 4 de abril, o pesquisador José Antonio Borges recebeu representantes do Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ) e da ONG Riosolidário para apresentar os sistemas de acessibilidade desenvolvidos pela equipe do Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Assistiva do NCE.

 

O Riosolidário é uma organização social sem fins lucrativos, presidida pela primeira dama do Estado do Rio de Janeiro, que se destina à defesa social e institucional,  suporte à educação infantil de crianças carentes e defesa de direitos de grupos e minorias (em particular jovens infratores, mulheres desamparadas ou em perigo, e pessoas com deficiência).  Algumas das ações do Riosolidário são diretamente apoiadas pelo CEDERJ, em particular as ações relacionadas a atividades relacionadas à educação básica de jovens e adultos e ensino a distância.

 

O objetivo desse encontro é formar parcerias para que os programas de treinamento em tecnologia assistiva desenvolvidos pelo Instituto Tércio Pacitti possam ser oferecidos a um público maior, possibilitando a capacitação de professores e gestores da área de Educação do Estado do Rio, para que eles se tornem capazes de atuar em ações sociais e educacionais inclusivas envolvendo pessoas com deficiência.

 

Veja aqui depoimento da equipe do Riosolidario.

 

 

 
CONCURSO PARA DOCENTES

O Instituto Tércio Pacitti informa que já está disponível o novo calendário de provas do Concurso Público para provimento efetivo de vagas no cargo de Professor da Carreira de Magistério Superior Edital Nº 215, de 29 de junho de 2016.

 

As provas serão realizadas de 03 a 05/05/2017. Consulte aqui o cronograma das provas.

 

 

 
FLISOL 2017

 

A edição 2017 do Festival Latinoamericano de Instalación de Software Libre (Flisol), acontecerá dia 8 de abril, no CCMN/UFRJ. Mais informações sobre o evento aquiO professor Claudio Miceli de Farias participa da organização do evento.

 


 

Busca
Interatividade

Parcerias
Banner
Galeria de Fotos

 

O Microsoft DreamSpark (antigo MSDNAA) é um programa da Microsoft que permite a utilização educacional e acadêmica de sua plataforma de software, servidores e ferramentas de desenvolvimento.


 

O Serviço DreamSpark (antigo MSDN AA) vinha sendo oferecido à comuinidade acadêmica pelo NCE há diversos anos. No entanto, recentemente a Microsoft modificou as clausulas contratuais do serviço DreamSpark Premium, e o serviço agora só pode ser utilizado por alunos, professores e técnicos de departamentos nas áreas de STEM (ciencia, tecnologia, engenharia e matemática).

 

Além disso, o serviço DreamSpark Premium não pode ser mais oferecido para toda a instituição academica. De agora em diante, cada departamento STEM deve ter um contrato separado com a Microsoft, para atender aos seus usuários específicos.

 

Portanto, lamentamos o inconveniente,mas as modificações contratuais colocadas recentemente pela Microsoft não permite mais que continuemos a oferecer o serviço DreamSpark da maneira como vinha ocorrendo há anos.

 

Atenciosamente

Agosto/2013

NCE / Instituto Tércio Pacitti

 

Palestra da Semana


 


Joomla extensions by Siteground Hosting