JAYME SZWARCFITER RECEBE PRÊMIO

 

O professor do Programa de Engenharia de Sistemas da Coppe e pesquisador do NCE, Jayme Luiz Szwarcfiter, recebeu em 24/09 o Prêmio Giulio Massarani - Mérito Científico 2011, entregue pela Coppe a professores que se destacaram com o melhor desempenho, levando em conta todas as atividades acadêmicas. Na mesma data, o prêmio também foi entregue ao professor Roberto Schaeffer, do Programa de Planejamento Energético da Coppe.

 

A cerimônia de entrega do prêmio foi presidida pela professora Débora Foguel, pró-reitora de pós-graduação e pesquisa (PR-2), pelos professores Luiz Pinguelli Rosa e Edson Watanabe, respectivamente diretor geral e diretor de assuntos acadêmicos da Coppe.

 

O professor Pinguelli se referiu a Jayme como um acadêmico que faz pesquisa aplicada, um dos “dinossauros”, um dos gurus originais da Coppe. Ressaltou também a sempre importante participação de Jayme no equilíbrio da relação Coppe - NCE.

 

Jayme escolheu como padrinho para a entrega do prêmio o professor emérito da UFMG e seu colega na pesquisa, Nívio Ziviani. Ziviani, em sua homenagem, falou dos prêmios e honrarias  já recebidos por Jayme ao longo de seus 50 anos dentro da UFRJ, inclusive o de professor emérito e destacando seu merecimento por mais esta distinção recebida.

 

Em seu discurso de agradecimento, Jayme Szwarcfiter, parafraseando Pinguelli quando recebeu o mesmo prêmio, disse que “nada é mais importante para um acadêmico do que o reconhecimento de seus colegas” e fez um retrospecto de seu percurso desde que entrou como aluno na Escola de Engenharia da Universidade do Brasil, no ano de 1963, época em que o campus do Fundão era ainda um grande esqueleto de prédios sendo construídos e a infraestrutura de transportes, comunicação e atendimento aos alunos era bastante precária. Disse que acabou de completar 70 anos e que, por sua idade, teve uma série de oportunidades como a de ver a Coppe ser formada e estar no grupo do Departamento de Cálculo Científico da Coppe, que se transformou no NCE.

 

O professor Jayme disse sentir-se profundamente honrado por ter dado sua modesta contribuição na formação de diversos docentes no Brasil e no exterior e que vê a UFRJ com crescentes condições acadêmicas e nível de excelência. O professor lembrou que em 1963, quando entrou na UFRJ, o símbolo do Fundão eram as palafitas da Maré e que hoje este símbolo é a Ponte do Saber. Em suas palavras: “Lidamos com a maior riqueza do país: os jovens que ingressam na UFRJ e através do nosso trabalho damos a contribuição ao desenvolvimento científico e tecnológico do país”.

 

 

 
Fique por dentro

Busca
Interatividade
Parcerias
Galeria de Fotos

 

O Microsoft DreamSpark (antigo MSDNAA) é um programa da Microsoft que permite a utilização educacional e acadêmica de sua plataforma de software, servidores e ferramentas de desenvolvimento.


 

O Serviço DreamSpark (antigo MSDN AA) vinha sendo oferecido à comuinidade acadêmica pelo NCE há diversos anos. No entanto, recentemente a Microsoft modificou as clausulas contratuais do serviço DreamSpark Premium, e o serviço agora só pode ser utilizado por alunos, professores e técnicos de departamentos nas áreas de STEM (ciencia, tecnologia, engenharia e matemática).

 

Além disso, o serviço DreamSpark Premium não pode ser mais oferecido para toda a instituição academica. De agora em diante, cada departamento STEM deve ter um contrato separado com a Microsoft, para atender aos seus usuários específicos.

 

Portanto, lamentamos o inconveniente,mas as modificações contratuais colocadas recentemente pela Microsoft não permite mais que continuemos a oferecer o serviço DreamSpark da maneira como vinha ocorrendo há anos.

 

Atenciosamente

Agosto/2013

NCE / Instituto Tércio Pacitti

 

Palestra da Semana