STF APROVA COBRANÇA DE LATO SENSU NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS

 

#TemLatoSensu

#PorqueMBAnaoeGratuito

#SemLatoSemSensu

 

O Supremo Tribunal Federal confirmou ontem, 26/04, que universidades públicas podem cobrar cursos latu sensu, tipo MBA’s.

 

A discussão chegou ao STF depois que um aluno, que pagou pelo curso, entendeu que por ter sido feito numa universidade pública, o governo deveria ressarci-lo do valor.

 

Veja a notícia.

 

 

 
Fique por dentro

Busca
Interatividade
Parcerias
Galeria de Fotos

 

O Microsoft DreamSpark (antigo MSDNAA) é um programa da Microsoft que permite a utilização educacional e acadêmica de sua plataforma de software, servidores e ferramentas de desenvolvimento.


 

O Serviço DreamSpark (antigo MSDN AA) vinha sendo oferecido à comuinidade acadêmica pelo NCE há diversos anos. No entanto, recentemente a Microsoft modificou as clausulas contratuais do serviço DreamSpark Premium, e o serviço agora só pode ser utilizado por alunos, professores e técnicos de departamentos nas áreas de STEM (ciencia, tecnologia, engenharia e matemática).

 

Além disso, o serviço DreamSpark Premium não pode ser mais oferecido para toda a instituição academica. De agora em diante, cada departamento STEM deve ter um contrato separado com a Microsoft, para atender aos seus usuários específicos.

 

Portanto, lamentamos o inconveniente,mas as modificações contratuais colocadas recentemente pela Microsoft não permite mais que continuemos a oferecer o serviço DreamSpark da maneira como vinha ocorrendo há anos.

 

Atenciosamente

Agosto/2013

NCE / Instituto Tércio Pacitti

 

Palestra da Semana