Notícias

NCE SEDIA LANÇAMENTO DO XULIA

 

O Instituto Novo Ser, em parceria com o NCE, lançou em 10 de julho o software de reconhecimento de voz XULIA. O software é inspirado no MOTRIX, desenvolvido pelo professor José Antônio Borges para permitir uso de computadores por pessoas com deficiências motoras. O novo programa foi criado pelo desenvolvedor Antonio Losada González, da Universidade de Santiago de Compostela, para auxiliar o seu primo Ricardo Gonzalez, tetraplégico e integrante do Instituto Novo Ser, a utilizar o computador. O Instituto colaborou com a realização de testes e indicações para o aperfeiçoamento do programa.

 

O diferencial do programa é a possibilidade do usuário ditar textos em fala corrente no idioma português. Para isso, o XULIA faz uso da tecnologia Google que permite comunicação com a máquina por meio de ditado contínuo. Dessa forma, não é necessário que se aplique uma linguagem especial para ele, como ocorria nos programas criados anteriormente.

 

O XULIA é capaz de reconhecer mais de 140 comandos, que permitem executar aplicações, manusear o mouse, simular cliques e funcionalidades do teclado. Ele também possibilita que o usuário o configure de maneira personalizada, criando direcionamentos próprios, além de permitir a utilização do mouse conforme o movimento da cabeça.

 

Para download gratuito do Xulia, clique aqui.

 

 

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS - CURSO TECNOLOGIA INCLUSIVA

 

A Coordenação do curso online de “Tecnologia Inclusiva: Teoria e prática com ênfase em deficiência visual”, uma parceria entre a Pró-reitoria de Extensão (PR5/UFRJ) e o Instituto Tércio Pacitti, divulga aqui a lista de candidatos selecionados.


Os selecionados receberão, por e-mail, informações sobre como acessar o curso. Aqueles que não receberem a mensagem devem entrar em contato pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

 

Os interessados que não foram contemplados para esta edição, já estão automaticamente cadastrados em nossa base de dados para futuras edições.

 

Veja aqui a relação dos candidatos selecionados.

Leia mais...
 

SKYPELAB

 

A parceria entre o LAMAE/NCE e o Instituto de Artes da Universidade de Reutlingen, na Alemanha, promove na UFRJ o workshop internacional SkypeLab, laboratório proposto pelos professores Henning Eichinger (Universidade de Reutlingen) e Maggie McCormick (RMIT University, Melbourne, Austrália) em que diferentes países se encontram via Skype para sessões de desenho cego. O evento já foi realizado com sucesso em diversos países e agora acontece no Brasil, com a participação da UFRJ.

 

A partir dos primeiros resultados em desenho, outras proposições artísticas foram se desdobrando, sob a orientação das professoras Maira Fróes, Cila MacDowell e Franey Nogueira.

 

Nos dias 5 e 6 de junho, de 10 às 16h, 10 estudantes, cinco do Brasil e cinco da Alemanha, finalmente entrarão em contato presencial, no dia 5, para um workshop e montagem desses processos, seguindo no dia 6 com discussões sobre o programa e as relações mediadas pela tecnologia, além da exibição para o público dos resultados alcançados.

 

Convidamos a comunidade acadêmica para conhecer essa experiência, que será realizada no Parque Tecnológico, no prédio do LAMCE/COPPE/UFRJ, parceiro de pesquisas do LAMAE/NCE.

 

 

 
Mais Artigos...


Página 2 de 42
Fique por dentro

Busca
Interatividade
Parcerias
Galeria de Fotos

 

O Microsoft DreamSpark (antigo MSDNAA) é um programa da Microsoft que permite a utilização educacional e acadêmica de sua plataforma de software, servidores e ferramentas de desenvolvimento.


 

O Serviço DreamSpark (antigo MSDN AA) vinha sendo oferecido à comuinidade acadêmica pelo NCE há diversos anos. No entanto, recentemente a Microsoft modificou as clausulas contratuais do serviço DreamSpark Premium, e o serviço agora só pode ser utilizado por alunos, professores e técnicos de departamentos nas áreas de STEM (ciencia, tecnologia, engenharia e matemática).

 

Além disso, o serviço DreamSpark Premium não pode ser mais oferecido para toda a instituição academica. De agora em diante, cada departamento STEM deve ter um contrato separado com a Microsoft, para atender aos seus usuários específicos.

 

Portanto, lamentamos o inconveniente,mas as modificações contratuais colocadas recentemente pela Microsoft não permite mais que continuemos a oferecer o serviço DreamSpark da maneira como vinha ocorrendo há anos.

 

Atenciosamente

Agosto/2013

NCE / Instituto Tércio Pacitti

 

Palestra da Semana